RSS

"JB" ANUNCIA FIM DA VERSÃO IMPRESSA

16 jul


O Jornal do Brasil, “JB” como é conhecido, anunciou no Rio de Janeiro, na semana passada que a partir de primeiro setembro deixará de circular em sua versão impressa, permanecendo no entanto em sua versão on line.

Ícone da imprensa brasileira, sua trajetória confunde-se com a história do Rio de Janeiro, da mesma forma que o Quitandinha, o Copacabana Palace, o Casino da Urca, o Pão de Açúcar, o Corcovado e o Cristo Redentor.

Fundado em 1.891, o JB sempre foi um bastião na luta pela liberdade de imprensa.

Um dos maiores equívocos dos Nascimento Brito, donos do jornal em quase todo o período de sua existência, foi ter apoiado o golpe que derrubou João Goulart em 31 de março de 1.964. Isto por quê, mais adiante vieram a ser vítimas da tesoura da censura dos vitoriosos que apoiaram.

Verdadeira escola de jornalismo, o jornal teve em seu quadro de colaboradores escritores de prol, como José Veríssimo, Joaquim Nabuco, Oliveira Lima e Eça de Queirós. O Barão do Rio Branco também colaborou em suas páginas.

O jornal, que atualmente é de propriedade do empresário Edson Tanure, tem 120 funcionários, entre eles 30 colunistas fixos, ainda não se manifestou sobre o futuro de seus colaboradores e nem os motivos para uma mudança tão radical.

Luiz Bosco Sardinha Machado


As informações são da Wilkpedia
 
Deixe um comentário

Publicado por em julho 16, 2010 em Uncategorized

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: