RSS

RECICLAGEM DE COMPUTADORES

30 set

PROGRAMA CIENTÍFICO APOIADO PELA FAPESB RECICLA COMPUTADORES USADOS

Aqueles computadores velhos que ficam ocupando espaço em casas e em empresas podem ser doados para o processo de metareciclagem, desenvolvido por pesquisadores em 12 comunidades de Salvador, com o apoio da Fundação de Amparo À Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb). Além de contribuir com o meio ambiente, reduzindo o lixo eletrônico, o programa científico Metarede simultaneamente promove a inclusão sociodigital.

Em parceria com associações de moradores, o Metarede desenvolve cursos de manutenção de microcomputadores, instalação e operacionalização de softwares livres e treinamento de gestão e empreendedorismo. O programa foi um dos 35 contemplados na seleção do Edital de apoio de tecnologias para o desenvolvimento social da Fapesb.

O diretor de Inovação da fundação, Elias Souza, explica que o Edital visa a busca de soluções inovadoras para problemas de desigualdades sociais. Por este motivo, o projeto contemplado Metarede é realizado em comunidades com baixo índice de desenvolvimento. “Assim, os pesquisadores baianos são estimulados a buscar soluções tecnológicas e inovadoras, aliando a pesquisa acadêmica com saberes populares, tradicionais e locais”.

De acordo com o coordenador da iniciativa, Hugo Saba Pereira, o Metarede viabiliza a criação de centros de informática para a capacitação profissional dos jovens. Ele explica que os equipamentos utilizados na criação dos centros de informática são provenientes do processo de metareciclagem desenvolvido pelos membros das comunidades participantes, e os utilizados no projeto são de doações feitas pela população e entidades. Após a manutenção, os computadores são vendidos a preços populares ou doados para organizações não governamentais.

O coordenador social da Sociedade Recreativa Beneficente do Engenho Velho da Federação, José Santos, afirma que o projeto atendeu muito os adolescentes, facilitando o seu acesso a um curso de informática gratuito e de qualidade.

A estudante Tamires Ribeiro, 16 anos, é uma das 21 alunas do curso no Engenho Velho da Federação. Para ela, o projeto possibilita o acesso ao mercado de trabalho. “Tudo hoje é computação e aprendendo a fazer manutenção de micros tenho a possibilidade de conseguir emprego e até abrir um próprio negócio”.

Os principais equipamentos utilizados no processo de metareciclagem são computadores, monitores, fonte de energia, HD, memória, mouse, notebook, teclado, processador e outros possíveis recursos tecnológicos.

Locais para doação

Os equipamentos podem ser doados em um dos 12 núcleos de informática, onde funciona o projeto – Engenho Velho de Brotas, Uruguai, Baixa do Fiscal, Alto do Cabrito, Engenho Velho da Federação, Pero Vaz, Costa Azul, Alto de Santa Terezinha, Boca do Rio, Saramandaia, Tancredo Neves e Saubara. A pessoa interessada em doar os materiais tecnológicos pode também ligar para o número (71) 8295-9655 ou acessar o site da Metarede para mais informações.

Além da Fapesb, o projeto Metarede tem o apoio das Universidades Federal da Bahia (UFBA), Estadual de Feira de Santana (UEFS), e do Instituto de Ciência, Tecnologia e Inovações (Ictios).
DA FAPESB

 
Deixe um comentário

Publicado por em setembro 30, 2010 em Uncategorized

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: