RSS

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

18 out
Estudo propõe atualização de técnicos agrícolas em desenvolvimento sustentável

Historicidade de professor de geografia e técnico agrícola será abordada em pesquisa (Foto: Divulgação)
A historicidade do professor de geografia e do técnico agrícola na zona rural, bem como a contribuição educacional, cultural e econômica  desses profissionais no processo de desenvolvimento sustentável são alvo de pesquisa do Programa de Mestrado em Geografia Humana da Universidade de São Paulo (USP). O trabalho de campo será desenvolvido nos municípios de Itacoatiara e Manacapuru, distantes 176 e 68 quilômetros de Manaus em linha reta, respectivamente. 
De acordo com o professor da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e autor da pesquisa, Eliton Santos, a principal contribuição do trabalho será o  levantamento de possíveis indicadores econômicos para um desenvolvimento sustentável da zona rural, promovendo uma reflexão histórica, cultural, social e educacional.
Santos explicou que o objetivo geral é analisar quais são os processos de transmissão de conhecimento de educadores de geografia a técnicos agrícolas. 
“A ideia é fazer com que o homem do campo encontre meios para subsistência de forma pensante, valorizando e recuperando sua identidade enquanto cidadão no respectivo município”, destacou Santos.
A pesquisa, que está sendo desenvolvida com o apoio financeiro da FAPEAM por meio do Programa RH-Interinstitucional, busca também resgatar os técnicos agrícolas para as salas de aula, para que eles possam adquirir conhecimentos de outras disciplinas nas áreas de geografia e afins. “E dessa forma, eles possam abordar problemas de seu campo de saber, de modo que os conteúdos pedagógicos não se distanciem da realidade educacional deste professor e nem da comunidade rural do campo”, afirmou.  
A proposta é de que, a partir dessa captação de problemas, haja uma eficácia na produtividade agrícola, por meio desse processo educacional que esteja direcionada para o desenvolvimento sustentável do homem do campo, segundo informou Santos.
Na avaliação dele, o educador na área de geografia contribui para o enriquecimento das mentes, ensinando e orientando a utilidade dessa ciência como moderno instrumento de trabalho.  
Atualmente, o pesquisador está na fase de fundamentação teórica da pesquisa e estágio na USP para partir para a próxima etapa de pesquisa de campo.  
Apoio
Santos foi um dos contemplados pelo programa RH-Interinstitucional (Decisão 153/2010) com bolsas e auxílio instalação da ordem de R$ 10.570, ao todo, esta Decisão do Conselho Diretor da FAPEAM contemplou quatro pesquisadores com bolsas no valor total de R$ 78.560, destinado a pagamentos dos bolsistas de mestrado e doutorado, além de despesas de deslocamento e instalação. 
 
”Sem dúvida nenhuma vai ser de suma importância o apoio do programa RH-Interinstitucional para o desenvolvimento deste projeto, pois sem uma ajuda de custo seria muito mais difícil realizarmos nossos objetivos e a implementação deste projeto  nos respectivos municípios”, salientou.
Sobre o RH Interinstitucional 
O Programa de Apoio à Formação de Recursos Humanos Pós-Graduados do Amazonas consiste em apoiar, com bolsa de curta duração, alunos de mestrado e doutorado formalmente matriculados em curso de pós-graduação fora de sede ofertados em Manaus e credenciados pela Capes, para desenvolvimento de atividades acadêmicas na instituição parceira.
Anamaria Leventi e Cristiane Barbosa – Agência Fapeam


 
Deixe um comentário

Publicado por em outubro 18, 2010 em Uncategorized

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: