RSS

O Ano Internacional da Biodiversidade é encerrado com a adoção de um “IPCC para a Natureza”

28 dez
 2011 ANO INTERNACIONAL DAS FLORESTAS

DA UNEP.ORG

Um novo organismo internacional foi criado durante a 65a Assembleia Geral das Nações Unidas (UNGA), com o objetivo de acelerar a resposta global para as perdas sofridas pelos ecossistemas e pela biodiversidade.


Isso destaca o sucesso do Ano Internacional da Biodiversidade da ONU e dá impulso ao Ano Internacional das Florestas e à Década da Biodiversidade, que começam em Janeiro de 2011.

A assinatura da resolução pelo plenário da UNGA era a última aprovação necessária para a constituição da Plataforma Intergovernamental sobre Serviços da Biodiversidade e dos Ecossistemas (IPBES, na sigla em inglês).

O sinal verde para seu estabelecimento foi dado pelos governos no mês de junho durante um encontro coordenado pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) em Busan, na República da Coréia.

A plataforma independente irá se espelhar de várias maneiras no Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC), que tem facilitado a compreensão e ação governamental em relação ao aquecimento global.

O novo organismo preencherá as lacunas existentes entre o conhecimento científico sobre o crescente declínio e a degradação do mundo natural, e a implementação de soluções efetivas e ações governamentais necessárias para reverter os danos.

Entre os vários papeis do IPBES, estão análises comparativas sobre conhecimento científico de instituições de pesquisa de todo o mundo sobre biodiversidade e serviços ambientais, com o objetivo de fornecer relatórios de alto nível para os governos.

Tais relatórios não vão apenas reportar o atual estado, status e tendência da biodiversidade e dos ecossistemas, mas irão também sugerir políticas e respostas que gerem uma mudança efetiva em seus destinos.

De acordo com o Sub-Secretário Geral da ONU e Diretor Executivo do PNUMA, Achim Steiner, “o IPBES representa um progresso em termos de oferecer uma resposta global para as perdas de organismos vivos e florestas, água doce, recifes de coral e outros ecossistemas que servem de base para várias formas de vida, inclusive a vida econômica da terra”.

“2010, o ano internacional da biodiversidade, começou de maneira silenciosa ao mostrar que nenhum país do mundo conseguiu alcançar a meta de redução das perdas da biodiversidade. Porém, terminou de maneira positiva, com uma determinação das nações para enfrentar os desafios e apresentar oportunidades possíveis para um melhor manejo dos bens naturais do planeta”, adicionou.
———————
Clique aqui para maiores informações (em inglês).

 
Deixe um comentário

Publicado por em dezembro 28, 2010 em Uncategorized

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: